podcast do isaúde brasil

Publicada em 03/10/2011 às 21h27. Atualizada em 05/10/2011 às 01h47

Confira algumas verdades sobre lipoaspiração

Pensando em ficar mais bonita? Dr. Victor Pochat fala ao iSaúde Bahia, esclarecendo alguns mitos sobre esse procedimento.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Se você acha que basta fazer uma lipo e seus problemas com aquela gordurinha localizada estarão resolvidos, pode ter certeza de que está enganada. Segundo o membro da Sociedade Americana e Brasileira de Cirurgia Plástica, Dr. Victor Pochat, para atingir o resultado esperado, o pós-operatório deve contar com a realização de uma alimentação balanceada e prática de exercícios físicos de forma regular. Fique atenta às dicas do Dr. Victor Pochat e alcance aquele corpinho tão sonhado.



- Lipoaspiração emagrece?

A lipoaspiração visa à diminuição da gordura localizada e não o emagrecimento. O objetivo desse procedimento é proporcionar um melhor contorno corporal, deixando-o mais harmônico. Entretanto, pessoas com alguns “quilinhos” a mais podem se beneficiar desse procedimento diretamente (promove um melhor contorno corporal) e indiretamente (o resultado obtido estimula a prática de hábitos saudáveis e atividades físicas, resultando em um emagrecimento saudável em muitos casos).


- Toda pessoa pode fazer lipo?
Desde que goze de boa saúde, esteja próxima do peso ideal e tenha uma indicação precisa feita por um cirurgião plástico, sim.


- Após a cirurgia a pessoa nunca mais engorda?
Não é verdade. A distribuição da gordura no corpo é determinada geneticamente. Por exemplo: homens e mulheres acumulam gordura de maneira diferente (tipo “maçã” e tipo “pêra”). É comum ainda encontrar mulheres que concentram um maior acúmulo de gordura somente nos culotes, enquanto que outras apresentam acúmulo adiposo na cintura ou no abdome. Após a lipoaspiração, a pessoa deve manter hábitos saudáveis, incluindo nutrição balanceada, atividades físicas e evitar hábitos como o de fumar e beber excessivamente. Caso ganhe peso, a pessoa pode engordar justamente no local onde apresentava maior concentração de gordura, já que possui essa predisposição genética.


- Após a cirurgia não é mais necessário fazer exercícios físicos?
Pelo contrário. Após o período de recuperação, o cirurgião deve estimular seu paciente à pratica rotineira de exercícios como forma de otimizar ainda mais os resultados de contorno corporal e aliar o benefício da saúde física.


- Lipoaspiração elimina celulites e estrias?
Infelizmente a lipoaspiração não atua especificamente em celulites e estrias. Em casos especiais, o cirurgião plástico consegue amenizar as celulites através da passagem de cânulas desenvolvidas para esse fim. A cosmiatria atua como procedimento complementar no tratamento da celulite e estrias, possibilitando resultados mais satisfatórios.


- Lipo em homem é diferente de lipo em mulher?
Existem algumas diferenças que devem ser lembradas. No homem, o cirurgião não deve acentuar o contorno da cintura, enquanto que na mulher, esse é um dos principais objetivos. Curiosamente, o homem apresenta uma capacidade de retração (adaptação) da pele superior ao da mulher. Esse detalhe pode ser visto quando se compara um homem e uma mulher que emagreceram 15 kg, sendo percebido que o homem apresenta menor flacidez de pele. Na lipoaspiração, isso ocorre de forma semelhante.

- Anestesia local para a realização da lipo é a mais segura?
A anestesia pode ser geral, peridural, raquidural e com sedação associada à anestesia local. Essa última é realizada pelo cirurgião plástico e reservada para lipoaspirações pequenas, já que a quantidade de anestésico local a ser infiltrado no organismo é limitada. Em geral, as mais utilizadas e seguras são a anestesia geral e peridural, que são realizadas por um médico anestesiologista.


- O resultado da lipo é visto dias após a intervenção?
Logo após alguns dias, é possível notar uma melhora no contorno corporal, mesmo com a pessoa utilizando a cinta (malha elástica). Entretanto, resultados mais expressivos vão aparecendo conforme o inchaço vai reduzindo. A drenagem linfática pode auxiliar nesse processo, proporcionando também conforto para os pacientes. Resultados finais podem ser avaliados após seis meses a um ano.


- Na lipo existe o risco de perfuração de algum órgão?
Como qualquer procedimento cirúrgico, a lipo apresenta seus riscos e possíveis complicações. O cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, minimiza esses riscos através de um exame detalhado, indicação precisa e técnica apurada. Existem raras descrições na literatura sobre perfurações relatadas por cirurgiões plásticos. Além disso, a segurança da lipoaspiração já foi bem estabelecida, quando as diretrizes do procedimento são respeitadas e seguidas.


- Qual a diferença entre lipoaspiração e lipoescultura?
A lipoaspiração reduz a gordura localizada, e pode ser realizada isoladamente ou em associação com outras cirurgias (abdominoplastia, mamaplastia, prótese mamária etc.). A lipoescultura objetiva não somente a diminuição das gorduras localizadas e indesejáveis, mas também preencher áreas deprimidas e dar volume a regiões como o glúteo. Esse procedimento é realizado de maneira cuidadosa e artística, de forma a alcançar resultados gratificantes para o paciente e cirurgião.


Quer saber mais ou sugerir algum assunto? Escreva para o nosso Fale Conosco e participe!

Compartilhe