podcast do isaúde brasil

Publicada em 03/06/2020 às 16h41. Atualizada em 03/06/2020 às 16h46

Fique atento ao glaucoma durante a pandemia!

Com as restrições nos atendimentos eletivos, todo o cuidado com os olhos se faz necessário.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Doença crônica cujo tratamento principal é a aplicação sistemática de colírios, o glaucoma exige cuidados específicos, bem como visitas periódicas ao oftalmologista para avaliação do quadro. Veja como deve ser o atendimento em unidades de saúde que se destinam a essa especialidade médica. Saiba também quais os principais cuidados devem ser tomados para prevenir uma possível contaminação.

iSaúde - O que é o glaucoma? Quais os sintomas da doença?

Christine Sampaio Archanjo - O glaucoma é uma doença ocular que causa lesão do nervo óptico e, consequentemente, comprometimento da visão nos estágios mais avançados.

Existem vários tipos de glaucoma: o mais frequente é o glaucoma primário de ângulo aberto. Na grande maioria dos casos não apresenta nenhum sintoma.

iSaúde - Quais cuidados os pacientes com glaucoma devem ter para evitar complicações nesse período de quarentena? 

Christine Sampaio Archanjo - Lavar bem as mãos antes e após a utilização dos colírios é a principal dica. Além disso, é importante dar preferência ao sistema de delivery para a compra das medicações, evitando assim a exposição desnecessária. Os colírios para tratamento, por exemplo, não precisam de receita atualizada para realizar a compra.

iSaúde - Como fica o tratamento dos pacientes durante a pandemia? 

Christine Sampaio Archanjo - É importante manter o uso regular das medicações seguindo as orientações fornecidas pelo seu médico.

Importante também cuidar da saúde geral, fazendo controle da hipertensão arterial, diabetes ou qualquer outra patologia crônica ou que necessite de acompanhamento, como o glaucoma.

iSaúde - Quais sinais de alerta indicam que é preciso procurar atendimento oftalmológico de urgência?

Christine Sampaio Archanjo - Caso apresente dor ocular, vermelhidão ou baixa na visão é importante procurar o seu médico.

iSaúde - Quais são os procedimentos de segurança durante o atendimento no consultório?

Christine Sampaio Archanjo - Durante esse período de pandemia, estamos tomando todas as medidas para garantir a segurança durante o atendimento dos pacientes que vão desde o momento do agendamento até o atendimento pelo médico no consultório.

É feita uma triagem já no agendamento. Ao chegar na clínica, é feita aferição da temperatura e disponibilizada máscara de proteção, além de álcool em gel para higienização. Todas as equipes de funcionários e médicos utilizam EPIs.

Além disso é feita constantemente a higienização dos consultório e dos ambientes em comum.

iSaúde - Qual a importância do acompanhamento médico regular?

Christine Sampaio Archanjo - Por se tratar de uma patologia crônica e assintomática, na maioria dos casos, é importante o acompanhamento regular para que o oftalmologista possa avaliar se a doença está controlada.

iSaúde - Quais as consequências do glaucoma se não for tratado adequadamente?

Christine Sampaio Archanjo - Se o glaucoma não for tratado ocorrerá lesão progressiva do nervo óptico com consequente comprometimento do campo visual, podendo chegar até a perda da visão. O glaucoma não tem cura, mas tem controle. Por isso, é fundamental o diagnóstico e tratamento precoce

iSaúde - Como manter a higiene dos olhos em tempos de coronavírus?

Christine Sampaio Archanjo - Nesse momento, devemos ter mais atenção aos cuidados com os olhos. É necessário sempre lavar as mãos com água e sabão antes de pegar nos olhos.

Se usar álcool para higienização das mãos, lembrar de esperar secar, pois o contato do álcool com o olho pode causar irritação na conjuntiva ou lesão na córnea. 

A limpeza das pálpebras e cílios pode ser feita com shampoo neutro. É importante também lembrar da higienização dos óculos ao chegar em casa.

Compartilhe

Saiba Mais