podcast do isaúde brasil

Publicada em 03/08/2012 às 00h00.

Compressão cerebral obriga médicos a 'remontar' cabeça de menino

Archie Dodd, de três anos sofria de doença rara é operado e passa bem.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Um menino inglês de 3 anos teve a cabeça cortada e recolocada no lugar pelos médicos para evitar uma compressão no cérebro e um crescimento anormal provocados por uma doença rara chamada craniossinostose.

Para evitar que o crânio de "fundisse", os médicos abriram um corte de orelha a orelha, em ziguezague, e montaram novamente a fisiologia da cabeça de Archie Dodd. Por seis meses, o paciente precisou usar um capacete especial de proteção para evitar que ele batesse em mesas e cantos pontiagudos de casa, em Chesterfield, condado de Derbyshire. Agora, o garoto já está bem para brincar com os irmãos de 8 e 12 anos.

Archie ainda tem que passar por seis check-ups mensais, mas os pais já comemoram a recuperação do filho.

Fonte: G1, em São Paulo

Compartilhe

Saiba Mais