podcast do isaúde brasil

Publicada em 30/06/2011 às 16h42. Atualizada em 05/01/2012 às 14h10

Meu filho nasceu prematuro. Por que não posso levar ele para casa?

Saiba por que os bebês prematuros precisam da UTI Neonatal

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

O recém-nascido prematuro é definido pela Organização Mundial de Saúde como aquela criança que nasce antes das 37 semanas de gestação (cerca de 09 meses), sendo que o bebê normal nasce após uma gravidez de 37 a 42 semanas. Então, quando ele nasce antes desse período, precisa de um acompanhamento especial. 


Os bebês muito pequenos, tanto os que nascem antes do tempo como aqueles com o peso menor que 2,0kg, necessitam de um suporte maior. Por isso, são encaminhados para a UTI Neonatal que é uma Unidade de Tratamento Intensivo de recém-nascidos. Lá, também vão estar outros bebês, tais como aqueles que tenham doenças crônicas, doenças agudas, manifestadas prematuramente, outros com más formações etc. Mas, os bebês prematuros são os principais pacientes das UTIs Neonatais, pois eles precisam ficar mais tempo hospitalizados.

Essa internação é o tempo que se  dá para o desenvolvimento desses órgãos, principalmente a parte pulmonar. Além disso, muitas vezes, esse neném precisa ser alimentado de forma artificial, quer dizer, ele não pode ir logo para o peito da mãe.


E por que esse bebê precisa tanto dessa atenção especial? Não é nada alarmante. Não há razão para que os pais fiquem muito preocupados, nem estressados. Eles devem ficar na UTI primeiramente porque têm, de forma mais geral, uma imaturidade dos órgãos. Isto quer dizer que os órgãos ainda estão muito frágeis, pois não houve tempo para que se desenvolvessem completamente na barriga da mãe. Logo, essa internação é o tempo que a gente dá para o desenvolvimento desses órgãos, principalmente a parte pulmonar. Além disso, muitas vezes, esse neném precisa ser alimentado de forma artificial, quer dizer, ele não pode ir logo para o peito da mãe, tal como os bebês que nascem no tempo normal. 

Isso ocorre porque o prematuro não consegue realizar uma coisa que, para qualquer bebê é extremamente normal: deglutir, sugar e respirar ao mesmo tempo. Então, muitas vezes, ele precisa ser alimentado através de uma sonda, que é um tubinho que a gente introduz no nariz e vai até o estômago.

Outra razão de o prematuro ficar no hospital é que ele, com menos de 2,0 kg, é um bebê pequenininho e que, provavelmente, perderá peso e precisará ficar na incubadora, onde o bebê aprende a regular sua temperatura e a comer. A ideia é que, ali, ele cresça e se desenvolva  para atingir a maturidade necessária, ao ponto de ir para casa de uma forma segura, na qual os pais fiquem tranquilos e capazes de cuidar dele com segurança e alegria.

 Por isso, os pais precisam ser pacientes e esperar a hora certa de levar seu bebê para casa.

Compartilhe
Serviços Gratuitos
  • Maternidade José Maria de Magalhães Netto
    1ª DIRES / Salvador
    Rua Marquês de Marica, Complexo Cesar Araújo - Praça Conselheiro João Alfredo s/n - Pau Miúdo.
    Tel: (71) 3256-8600 / 8607.
  • Maternidade Tysilla Balbino
    1ª DIRES / Salvador
    Ladeira de Quintas dos Lázaros, s/nº- Baixa de Quintas
    Tel: (71) 3382-5597 / 9858.