podcast do isaúde brasil

Publicada em 02/08/2018 às 15h42. Atualizada em 07/08/2018 às 15h46

Própolis: um importante aliado na odontologia

Você sabia que a palavra “própolis”, de origem grega, traz as partículas “pro”, que significa defesa, e “polis”, cidade? Então conheça os seus benefícios. Em especial, suas contribuições para a saúde bucal.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Quem nunca ouviu falar ou até mesmo fez uso da própolis? Algumas de suas propriedades são bastante conhecidas e exploradas, como, por exemplo, a sua eficácia no tratamento de uma inflamação na garganta ou na aceleração do processo de cicatrização de um corte ou ferimento. No entanto, essa substância esconde muitas outras propriedades com um enorme potencial benéfico para a saúde em suas variadas áreas.

Esse produto natural poderoso é originado das abelhas pertencentes à espécie Apis mellifera. É resultante da combinação de inúmeras substâncias resinosas, gomosas e balsâmicas, de consistência viscosa, recolhida pelas abelhas, de brotos, cascas de árvores ou outros vegetais, e misturadas às suas enzimas salivares. Fazem parte de sua composição química cerca de 300 elementos, sendo os flavonoides os principais componentes. Além disso, apresenta, em sua composição, ácidos graxos, álcoois, aminoácidos, vitaminas e sais minerais, o que fornece uma ampla utilização desse composto, por oferecer pouco ou nenhum efeito colateral. 

Própolis é uma palavra de origem grega, onde pro significa defesa e polis, cidade, ou seja, “defesa da cidade”, no caso das abelhas, a colmeia. No entanto, tem sido comprovado que a própolis, além de proteger a colmeia, é capaz de defender o nosso organismo de diversas injúrias às quais ele está exposto. De fato, ela apresenta a capacidade de combater a inflamação, graças aos flavonoides presentes em sua composição, os quais são capazes de inibir duas enzimas fundamentais para o desencadeamento da cascata inflamatória, a cicloxigenase e a lipoxigenase. Já a sua ação antimicrobiana deve-se a uma atividade conjunta exercida pelos seus compostos. É também um poderoso agente cicatrizante, em virtude da sua capacidade de estimular a epitelização e, além disso, apresenta outras propriedades terapêuticas, como: ação antioxidante e atividades imunomoduladora, hipotensora, analgésica, anticancerígena, antibacteriana, fungicida e anticariogênica. 

A busca por novas alternativas de tratamento para as afecções que acometem a população é constante, e diversos estudos têm sido desenvolvidos com a finalidade de encontrá-las. Na Odontologia, não é diferente, pois podemos encontrar diversos estudos na literatura que relatam os benefícios de várias substâncias naturais, incluindo a própolis, para a cura de diversas enfermidades da área.

As ulcerações aftosas, conhecidas popularmente apenas como aftas, são um problema muito comum na população e causam muita dor, desconforto e incômodo às pessoas acometidas. Estudos demonstraram que uma pomada à base de própolis foi capaz de amenizar a dor causada pelas aftas, acelerou o processo cicatricial e reduziu a duração com a qual elas se manifestavam. 

A estomatite protética é uma doença fúngica que acomete portadores de próteses removíveis. Ela vem sendo tratada com antifúngicos industrializados, entretanto, eles têm demonstrado eventuais falhas na eficácia do tratamento, além da recidiva da infecção após a interrupção do uso e resistência adquirida ao medicamento. Por esses motivos, novas alternativas naturais, como a própolis, vem sendo testadas para o tratamento dessa enfermidade. Estudos relataram que a própolis foi capaz de exercer uma ação anti-inflamatória e favoreceu a cicatrização das lesões de estomatite protética. Além disso, houve redução do tempo de tratamento, o que pôde auxiliar na diminuição do risco de desenvolver uma resistência fúngica. Outra vantagem da própolis é que ela pode ser usada de forma isolada ou em associação com medicamentos comercializados. Para os idosos, é uma alternativa ainda mais interessante, haja vista que eles são mais propensos ao desenvolvimento de estomatite, por serem o público que mais utiliza próteses removíveis e que, comumente, faz uso de outros medicamentos, o que aumenta o risco de interação medicamentosa com o antifúngico. Sendo assim, ela é uma alternativa de tratamento complementar eficaz e que apresenta um  baixo risco, fornecendo maior segurança.

"Estudos comprovaram um efeito anticariogênico da própolis, por ela ser capaz de inibir bactérias fundamentais para o desenvolvimento da doença, como o Streptococcus mutans." 

A cárie é uma doença bacteriana que afeta uma grande parte da população, e que chega a ser considerada um problema de saúde pública. Estudos comprovaram um efeito anticariogênico da própolis, por ela ser capaz de inibir bactérias fundamentais para o desenvolvimento da doença, como o Streptococcus mutans. De forma adicional, outro estudo elucidou que o uso de bochechos com o extrato da própolis foi capaz de auxiliar na prevenção da cárie.

Ainda falando sobre o poder antimicrobiano da própolis, um estudo relatou a sua capacidade de reduzir os índices microbiológicos da doença periodontal, por meio da irrigação subgengival com o extrato de própolis após raspagem e alisamento radicular. Também foi relatado que o grupo experimental que fez o uso da própolis demonstrou uma perda óssea reduzida, quando comparado aos demais grupos. 

A mucosite oral é uma complicação aguda frequente da terapia antineoplásica, que se caracteriza pelo surgimento de áreas avermelhadas ou até mesmo ulceradas na mucosa oral, com consequente dor e desconforto, o que afeta diretamente a qualidade de vida dos pacientes. Diversos estudos foram realizados acerca dos efeitos da própolis sobre a mucosite oral, dentre eles, um estudo piloto demonstrou que o enxaguatório bucal à base de própolis foi capaz de prevenir e tratar, de maneira eficaz, a mucosite oral induzida pela radioterapia. Por ser eficaz no processo de reparo tecidual, foi sugerido que o  enxaguatório poderia ser adotado como um tratamento preventivo e econômico para a mucosite oral radioinduzida.

Diante de todas as informações expostas, são notáveis os benefícios que a própolis pode oferecer para a saúde em diversas áreas, especialmente para a Odontologia, na qual demonstrou efetividade graças às suas propriedades antibacteriana, anti-inflamatória, cicatrizante, analgésica e fungicida. No entanto, são necessários novos estudos a fim de elucidar e consolidar os efeitos positivos oferecidos por esse produto natural poderoso para que se aumente a sua utilização na prática clínica. Devido à sua diversidade terapêutica, sua baixa toxicidade, baixo custo e aplicabilidade comprovada, a própolis é uma eficiente alternativa para o tratamento e a prevenção de diversos problemas bucais.

Referências:

Ribeiro MRG, Gualberto AM, Silva MAS, Souza SFC, Souza EM, Silva VC. Resultados da aplicação tópica do extrato de própolis na redução da progressão da doença periodontal. Rev. Bras. Pl. Med. 2015;17(4): 915-921.

Pina GMS, Lia EN, Berretta AA, Nascimento AP, Torres EC, Buszinski AFM, Campos TA, Coelho EB, Martins VP. Efficacy of Propolis on the Denture Stomatitis Treatment in Older Adults: A Multicentric Randomized Trial. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine. 2017; 1-9. 

Almeida DC, Alves DCB, Júnior IJJ, Mendonça SMS. Própolis na Odontologia: Uma Abordagem de suas Diversas Aplicabilidades Clínicas. Revista Fluminense De Odontologia. 2016; 1-12.

Bolouri, AJ. et al. Preventing and Therapeutic Effect of Propolis in Radiotherapy Induced Mucositis of Head and Neck Cancers: A Triple-Blind, Randomized, Placebo-Controlled Trial.  Iran J Cancer Preven. 2015; 8(5): 1-6.

Pensin NR, Pensin C, Miura CSN, Boleta-Ceranto, DC. Efeito de Pomada de Própolis em Orabase para Tratamento de Ulcerações Aftosas Recorrentes: Um Estudo Piloto. Arq. Ciênc. Saúde UNIPAR. 2009; 13(3): 199-204.

Eslami H, Motahari P, Safari E, Seyyedi M. Evaluation effect of low level Helium-Neon laser and Iranian propolis extract on Collagen Type I gene expression by human gingival fibroblasts: an in vitro study. Laser Therapy. 2017; 26(2): 105-112.

Compartilhe

Saiba Mais