podcast do isaúde brasil

Publicada em 09/11/2015 às 00h00. Atualizada em 09/11/2015 às 12h30

Quais são os principais problemas circulatórios?

O angiologista e cirurgião vascular, Dr. Aldo Brasileiro, explica sobre as principais doenças associadas aos problemas circulatórios

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

"...a hipertensão arterial sistêmica está muito relacionada com sedentarismo, obesidade, estresse, uso de sal em excesso e idade."

Entre as principais doenças que são causadas por problemas circulatórios estão a hipertensão arterial; aterosclerose; aneurisma; acidente vascular cerebral (AVC) e varizes. De todas essas, a hipertensão arterial sistêmica está muito relacionada com sedentarismo, obesidade, estresse, uso de sal em excesso e idade. Para preveni-la, o ideal é ter uma vida saudável, evitar os excessos na alimentação, fazer exercício físico e relaxar.

A aterosclerose, endurecimento dos vasos arteriais, está relacionada com a idade e fatores como a hipertensão arterial, obesidade, aumento das gorduras no sangue (colesterol e triglicérides) e tabagismo, que são os seus principais vilões. Portanto, mais uma vez, vida saudável para preveni-la.

O aneurisma, caracterizado pela dilatação das artérias, é muito perigoso para a vida, pois, quando rompe, pode ser fatal, seja no cérebro, no tórax ou no abdômen. Está relacionado, principalmente, com a aterosclerose, a hipertensão arterial, o tabagismo e a idade. Para preveni-los, vida saudável, controle da pressão arterial, perda de peso, fugir do fumo e prática de exercício físico.

O AVC, acidente vascular cerebral, tem relação forte com a hipertensão arterial, tabagismo, obesidade e sedentarismo. Mais uma vez, vida saudável, evitar o fumo, controle da hipertensão arterial e prática de exercício físico são fundamentais para preveni-lo.  

As varizes dos membros inferiores, dilatação das veias, são mais frequentes nas mulheres devido ao próprio hormônio feminino, ao uso de anticoncepcionais hormonais e a gravidez. Têm relação também com o hábito de ficar muito tempo em pé ou sentada, obesidade, sedentarismo e hereditariedade. O homem também tem varizes, relacionadas com alguns dos fatores anteriores. Provocam dores, inchaço e peso nos membros, além do desconforto estético em ambos os sexos.  Para tratá-las, geralmente a cirurgia e a escleroterapia (aplicação nas varizes) são as melhores opções, procedimentos que são realizados pelo médico angiologista/cirurgião vascular.

Para facilitar a circulação de sangue nas veias, deve-se evitar ficar em pé ou sentado, por períodos prolongados, não engordar, fazer exercícios, usar de meias elásticas e fazer acompanhamento com o angiologista.

O aparecimento de dores, inchaço e varizes nos membros, dor que dificulta  caminhar ou correr, podem indicar problemas de circulação que necessitam acompanhamento do angiologista. 

A circulação linfática também faz parte da circulação como um todo e é formada por pequenos vasos que vão se juntando e formando canais maiores chamados ductos linfáticos e gânglios linfáticos. Drena um líquido formado no nosso corpo em decorrência do metabolismo, chamado linfa, e que, através dessa circulação linfática, retorna ao ciclo cardíaco para ser diluído de volta no sangue.  
         
Os principais problemas da circulação linfática são a dificuldade de drenagem, por obstrução ou deficiência congênita desses vasos, levando à inchação de determinado órgão ou segmento do corpo, conhecido como edema linfático que, em situação grave, é conhecido com elefantíase. Podem acontecer dilatações de alguns desses canalículos ou gânglios, conhecidos como linfocele. Em decorrência dessa dificuldade de drenagem linfática, a pele fica predisposta à infecção do segmento comprometido, conhecida como erisipela ou linfangite.

Algumas dicas de prevenção são o exercício físico, evitar excesso de gorduras, não fumar, controlar as possíveis doenças crônicas como diabetes e hipertensão arterial e, dentro do possível, evitar stress. 

Compartilhe

Saiba Mais