podcast do isaúde brasil

Publicada em 19/12/2012 às 00h00. Atualizada em 19/12/2012 às 12h09

Você sabia que a homeopatia pode tratar a Alergia?

A médica homeopata, Dra. Mônica Oliveira explica como ocorre o processo alérgico e o tratamento homeopático.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

A alergia e uma reação do sistema imunológico do indivíduo a substâncias que normalmente poderiam ser inofensivas para pessoas que não são alérgicas (alérgeno), atingindo, com frequência, em média 18 a 20% da população. As doenças alérgicas mais frequentes são: asma e rinite, atopias em pele, alergias a alimentos, medicamentos e picadas de insetos.

"As doenças alérgicas mais frequentes são: asma e rinite, atopias em pele, alergias a alimentos, medicamentos e picadas de insetos".



A consulta homeopática baseia-se na integralidade do ser humano. Levamos em consideração todos os aspectos, não somente o biológico, mas também as questões psicológicas, profissionais, familiares e de seu propósito de vida.

A alergia, mais claramente do que outras patologias, está fortemente ligada ao sistema emocional do indivíduo, alterando e interferindo no seu sistema imunológico. Portanto, ao tratar o indivíduo como um TODO, estaremos fortalecendo não só o biológico/imunológico como também o sistema de equilíbrio com a vida. 



Para indicar o medicamento homeopático nos casos de alergia, faz-se um levantamento dos aspectos mentais do indivíduo, seus sinais e sintomas e uma pesquisa minuciosa sobre os alérgenos aos quais ele se expõe e como reage. Com todos esses dados em mãos, faz-se a prescrição do medicamento homeopático que pode ser um vegetal (Nux vomica, Chamomilla), um mineral (Metal album, Cuprum metalicum) ou até mesmo animal (Apis Melifica, Blatta orientalis), o mais indicado para cobrir todos esses sintomas. 

A homeopatia não pode curar a alergia. Ela pode atenuar ou amenizar de tal maneira o quadro de forma que a pessoa leve anos ou décadas sem sintomas. Mas, a alergia é algo da constituição do indivíduo e não pode ser mudada, até o momento.

"A homeopatia não pode curar a alergia. Ela pode atenuar ou amenizar de tal maneira o quadro de forma que a pessoa leve anos ou décadas sem sintomas".

A homeopatia compreende que o alérgico é um hipersensível que reage com sensibilidade excessiva aos alérgenos e também às emoções, por isso ela vai encontrar um medicamento mais adequado para cada um, dependendo da sua individualidade, singularidade ou particularidade na maneira de reagir frente aos problemas da vida. 

Considerando a integração psicofísica do indivíduo, não existe o medicamento mais frequente e, sim, o medicamento mais bem indicado para cada pessoa em determinado momento de sua vida.

Para prevenir as alergias é preciso evitar o contato com os alérgenos, usando uma alimentação livre de químicos, industrializados e agrotóxicos. Todos tornam o indivíduo ainda mais sensível e susceptível a reagir com alergias. Deve-se ter um cuidado especial com a limpeza nos ambientes de trabalho e de casa,  para eliminação de poeiras e ácaros, pois são grandes problemas quando se pensa em alergias.

Como o tratamento homeopático "ajuda" a reação do organismo, essa força vital aumentada provoca um aumento dos sintomas do quadro no início, o que nem sempre acontece, porém, nada que não melhore em pouco tempo e o paciente se sinta logo bem. 

Palavras Chave:

homeopatia alergias homeopata
Compartilhe